Salve o Rage Against the Machine: estrela vermelha no palco e homenagem ao MST

Pobres dos cinegrafistas da Globo, que sabiam que era impossível esconder a estrela vermelha do Rage Against the Machine no show que a banda americana fez em Itu (SP) no festival de música SWU.

Mas a estrela vermelha, igual à do PT, apareceu na Globo meio desbotada, quase branca, apesar de ser vermelha e resplandecente.

E ainda teve o vocalista Zack de La Rocha dedicando uma música ao MST. O Rage sempre foi politizado, fez capa de disco com a foto do Che, posicionou-se contra a era Bush e defende várias posições de esquerda.

Assista o video, feito pelo Multicanal (aqui a estrela brilha):

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Salve o Rage Against the Machine: estrela vermelha no palco e homenagem ao MST

  1. Gunnar

    Comunistinhas patéticos. Se gostam tanto do Che (aquele que dizia “Eu não preciso de provas para executar um homem, eu só preciso saber que é necessário executá-lo!” ), por quê não mudam pra Cuba? Ah sim, lembrei: lá eles não poderiam reclamar do governo vigente (como fazem, ironicamente, com total liberdade, no “malvado e opressor” mundo ocidental). E, claro, tem outra: em Cuba não poderiam ser celebridades milionárias, pois ninguém poderia pagar pelos ingressos. Quanto ao apoio aos terroristas do MST, nem precisa comentar…

    • Companheiro Gunnar,
      para responder aos seus comentários precisaria de mais tempo e espaço, não somente esta resposta destinada aos comentários. Mas, poderei fazer isso futuramente, aqui mesmo no blog. Aí teremos, portanto, a necessidade de esclarecer o que significa socialismo, comunismo, como se deu o processo revolucionário cubano, entre outros fatos e reflexões históricas que você parece desconhecer ou, no mínimo, tenta descontextualizar e desqualificar. Com relação ao conceito de liberdade e democracia, aí o debate também é amplo. Democracia não significa pura e simplismente ter mais de um partido participando do processo eleitoral, são muitas relações que vão além. Inclusive, relações que dizem respeito até mesmo a concentração dos meios de comunicação que nada de democrático tem. Mas, como pelo visto você deve se informar e formar por esses veículos que compõe o oligopólio da comunicação, não será tão fácil conversarmos sobre essas ideias que você citou, cheias de preconceitos, desinformações e esteriótipos. Como defendo e acho interessante o debate democrático, respeito até mesmo o fato de você ter entrado neste espaço e nos classificar de “comunistinhas”. Apenas cuidado ao utilizar os termos se não sabe exatamente o que significam. E tenha a clareza de que temos a plena certeza dos nossos posicionamentos, ideais e projetos. Inclusive, temos a plena certeza de que o MST não é terrorista! Isso talvez por conhecermos a história de luta do movimento, por apoiarmos aqueles que lutam pelo direito à terra, e, mais do que isso, por compreendermos que o termo terrorista precisa ser utilizado corretamente, sem sensacionalismos ou discursos forjados. Apenas para finalizar: “O socialismo não é uma sociedade beneficente, não é um regime utópico, baseado na bondade do homem como homem. O socialismo é um regime a que se chega historicamente e que tem por base a socialização dos bens fundamentais de produção e a distribuição equitativa de todas as riquezas da sociedade, numa situação de produção social”. (Che Guevara) …Como também dizia o nosso companheiro Che: “Hasta la victoria siempre!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s