Aloysio, senador do PSDB, ataca repórter: “seu filho da p…”

Ontem, antes do debate na Record, o repórter João Peres, que trabalha para a Rede Brasil Atual foi tentar entrevistar o senador eleito Aloysio Nunes Ferreira. Acompanhe o diálogo, narrado pelo jornalista. Aloysio ataca:

– é ligada a quem essa revista?
– aos sindicatos
– que sindicatos? – falou a assessora do lado dele
– bancários, metalúrgicos, químicos…
– pelego, você é pelego – falou o senador
– não podemos conversar, senador?
– pelego. sua revista é financiada pelo PT…
– e a Veja, quem financia, senador?
– pelego
– que educação, senador…
– pelego filha da puta. pelego filha da puta!

“Foi assim, gratuito.  Fiquei passado, triste mesmo”, conta o jornalista.

A Rede Brasil Atual é um projeto jornalístico comandado pela editora Atitude. Tem, em seu mailling, trabalhadores associados a sindicatos.

Essa é a democracia demo-tucana.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Aloysio, senador do PSDB, ataca repórter: “seu filho da p…”

  1. turtle

    Para constar o apoio dos geografos catarineneses a candidata Dilma, na certeza do comprometimento do PT com a sociedade. 21/10 22:25> Ato Público de apoio à candidatura Dilma Rousseff no CFH
    Professores do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC, reunidos em ato público na terça-feira de 19/10/2010, declararam seu apoio à candidatura Dilma Rousseff na presente disputa eleitoral. O ato contou também com a participação da Deputada Federal Luci Choinask. Para os professores presentes ao ato, as conquistas do governo Lula da Silva no plano social, evidenciadas na redução das desigualdades sociais e na geração de emprego, mas também no plano dos investimentos na educação pública superior, com a multiplicação de cursos e novas universidades, e ainda do desempenho econômico, recuperando uma política industrial que tem permitido ao país reorganizar sua economia, tão avariada após anos de recessão e neoliberalismo, fazem crer que a continuidade deste projeto é o que de mais avançado a sociedade brasileira conta neste início de novo século. Do mesmo modo, os presentes ao ato repudiaram o uso, por parte da campanha adversária, de meios eleitorais de enorme risco para a vida democrática do país, já que propositalmente voltados à despolitização de nossa sociedade, chegando mesmo a pôr em xeque as conquistas mais essenciais da modernidade, como a separação entre Estado e igreja. É no desejo de manter e aprofundar as conquistas alcançadas pelo governo que se encerra, sem apelo a obscurantismos de interesse eleitoreiro, que os presentes conclamaram todos os brasileiros identificados com o projeto popular em curso, e a despeito das formas ziguezagueantes que possa ter assumido em momentos específicos, a apoiar Dilma Rousseff para a Presidência da República.

  2. Yacov

    Que coisa interessante ver o Aloisio Nunes, ex-combatente da ditadura, ex-croque, ex-tranho e ex-croto, vira casacas, agora compondo com as hostes da extrema direita nazifacista brasileira, acusar o companheiro de “pelego”.

    Acredito, sinceramente, que este termo deve ser repensado em seu significado semântico. Durante os governos da direita que tiravam direitos dos trabalhadores, Pelego era o sindicalista que defendia, subrepticiamente, os interesses das elites, um vendido, um traidor.

    Agora, num governo trabalhista que defende os direitos dos trabalhadores e que valoriza o salário mínimo, e inclui milhões de brasileiros, o sindicalista que defende estes governantes não pode ser chamado de Pelego. È uma contradição em termos. Pelego é quem está contra este governo. Pelego é o Aloisio, pô!!!!

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na glObo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s