A tal bomba contra Paulo Bernardo e o governo Dilma não apareceu. Com a palavra, os que previram a hecatombe

Luiz Antônio Pagot, depois de quase cinco horas de depoimento no Senado, isentou Paulo Bernardo de exercer pressão sobre o Dnit.

Com a palavra, os veículos de comunicação que anteciparam que Pagot teria uma bomba para jogar no colo do ministro das Comunicações – hoje, alguns já diziam que se não houvesse nenhuma revelação bombástica, seria por pressão do Planalto.

Até amanhã saberemos mais.

Leia relato do depoimento de Pagot no UOL clicando aqui.

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “A tal bomba contra Paulo Bernardo e o governo Dilma não apareceu. Com a palavra, os que previram a hecatombe

  1. Maria Pereira

    oi amigo. gostaria de tirar uma dúvida. tenho 55 anos de idade(mulher) 35 anos de contribuição (todas funcionalismo publico) e 12 anos no cargo. Posso me aposentar pela EC 41/2003 com paridade e integralidade. Fico à mercê de algum cálculo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s