Amir Khair: para enfrentar efeitos da deterioração da crise internacional, precisamos eliminar a distorção dos juros altos

O economista Amir Khair, especialista em finanças públicas, volta a defender em artigo publicado no último domingo no jornal O Estado de S. Paulo, que o Brasil precisa se livrar da dependência da taxa Selic (taxa básica de juros) se quiser escapar de problemas que já o afligem e que tendem a piorar, segundo o próprio Amir, com a deterioração do cenário internacional.

“Podemos afirmar que somos, infelizmente, o paraíso da agiotagem legalizada!”, diz o economista em trecho do artigo.

Amir também ataca o spread bancário, os juros que os bancos cobram do consumidor com taxa superior à da própria Selic. São os mais altos do mundo.

Leia o artigo completo clicando em amir_khair

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s