Vagner Freitas, candidato a presidente da CUT, reafirma que vai manter a luta contra o imposto depois de eleito

O jornal Estadão publica um editorial nesta segunda, dia 23, em que diz que a CUT realiza sozinha uma campanha pelo fim do imposto sindical.

O editorial, ao fim e ao cabo, favorece o debate que a CUT está fazendo desde 1983 e que, neste ano de 2012, conta também com uma ação de comunicação dirigida – anúncios em jornais e revistas e, mais especialmente, com a coleta de votos nas ruas, junto aos maiores interessados, os trabalhadores.

No início, o texto parece igualar todas as centrais, mas à medida que se lê, percebe-se que o Estadão reconhece as diferenças entre elas. O jornal, inclusive, lembra do acordo firmado entre todas as entidades em 2008 pelo fim do imposto, acordo que logo depois as demais renegaram. Foi o próprio jornal que, naquele ano, divulgou amplamente o acordo e assim expôs a mudança de postura das outras centrais ao se recusarem a cumpri-lo – ou a encenação delas, ao o terem assinado.

Porém, ao não ser enfático na defesa da posição da CUT, o jornal, que é contra o imposto, parece reservar a si mesmo uma parcela de dúvida quanto à firmeza de propósito de nossa Central.

Pois não precisa. Nosso objetivo é firme, assumido coletivamente. E o mais forte candidato a me suceder na Presidência da CUT a partir de julho, o bancário Vagner Freitas (acima, em foto de Dino Santos, votando no plebiscito) já reafirmou publicamente, várias vezes, que vai manter essa luta com afinco depois de eleito.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s